O que saber antes de ir

Moeda

Dirham dos Emirados Árabes Unidos

Visto de Turista

Dispensa de visto, por até 90 dias

Restrições de moeda para entrar

Não há

Restrições de moeda para sair

Não há

Validade do Passaporte

Deve ter validade de 6 meses (contados a partir da data de entrada)

Página do passaporte em branco

Uma página é necessária para carimbo na entrada

Idioma

Árabe

Eletricidade

O padrão de voltagem em Dubai é de 220V

Embaixada do Brasil em Abu-Dhabi

Madinat Zayed, Street Nr. 5,Villa Nr. 6 P.O. Box 3027 Abu Dhabi - United Arab Emirates

#Casal #Família #Amigos #Solo

Outras informações sobre Dubai

Respeito às leis locais

Aduza-se a necessária consideração de que se trata de um país muçulmano, portanto, com direito e costumes diferentes da maioria dos países ocidentais. Em termos práticos, devem-se sempre evitar manifestações públicas de afeto; exercer prudência no vestuário, sobretudo senhoras e jovens, evitando ter à mostra ombros e pernas acima dos joelhos; no consumo de bebidas alcoólicas (permitido somente em hotéis internacionais); e nos gestos, sobretudo aqueles que denotariam insulto. Não se deve desrespeitar ou brincar com as vestimentas locais; desrespeitar as instituições governamentais ou os governantes locais ou usar linguajar e gestos ofensivos, inclusive no trânsito. Qualquer comportamento agressivo pode resultar em prisão.

Vigilância

O Governo emirático mantém intenso programa de vigilância tanto de seus nacionais quanto de cidadãos estrangeiros. Estimativas apontam para a existência de cerca de 7 mil câmeras instaladas nas áreas públicas da capital, por exemplo. Quartos de hotéis, conferências, conexões de internet, fax e telefone podem ser monitorados. Interações constantes de estrangeiros com cidadãos sírios são investigadas e, em caso de essas interações terem alguma forma de natureza política, estrangeiros podem sofrer penalidades legais, inclusive prisão. Há registro de cidadãos estrangeiros detidos por postagem de informações em redes sociais consideradas ameaças à ordem emirática.

Ramadã

Durante o mês santo do Ramadã, muçulmanos jejuam do nascer ao pôr do sol. Comer, beber, fumar, tocar música alta e dançar em locais públicos (fora dos horários apropriados) é punível por lei, inclusive para os não-muçulmanos. As datas exatas do Ramadã seguem um calendário lunar e mudam a cada ano.

Vestuário

As mulheres estrangeiras podem usar roupas ocidentais, não sendo obrigatório o uso do véu (exceto nas mesquitas). É recomendável cobrir os ombros e joelhos, evitando transparências e decotes excessivos. Para os homens, é aconselhável o uso de calças compridas em ambientes mais formais ou religiosos. Nas praias, parques aquáticos e piscinas, são aceitos trajes de banho ocidentais (inclusive biquínis). O "topless", comum em algumas praias brasileiras, é estritamente proibido.

Conduta social

Relações sexuais fora do casamento são ilegais, independentemente do relacionamento que você tenha com seu parceiro no país de origem. Em caso de gravidez fora do casamento, ambos os parceiros podem ser presos. Coabitar, mesmo em hotéis, com pessoas do sexo oposto também é ilegal.

Em lugares públicos, é tolerado que homem e mulher, se forem casados, andem de mãos dadas. Abraços, beijos e outras demonstrações de afeto não são bem vistos pela cultura local e podem resultar em consequências legais.

A questão da qualidade da inserção social da mulher nos EAU enseja, pelo menos, dois comentários: o país tem levantado como bandeira de conquista social a alta qualidade desta inserção, sobretudo quando comparados a vizinhos, não obstante, grupos de defesa dos direitos humanos, têm questionado tais "avanços". Cabe recordar que, na cultura islâmica, as mulheres são muito reservadas e o contato com homens de fora da família é restrito.

Tolerância LGBT

Não há, nos Emirados Árabes Unidos, leis que assegurem os direitos de grupos minoritários. A homossexualidade é considerada crime, passível de aprisionamento, multas e deportação do país, com o correspondente banimento, ou seja, vedado o retorno. Vestir-se com indumentária do sexo oposto também é considerado violação legal, passível das mesmas penas. Para mais informações, recomenda-se a leitura cuidadosa do aviso LGBT em viagens ao exterior.

Fotografia

Deve-se evitar tirar fotografias de prédios e construções públicas. Tais fotografias podem ser consideradas indício de comportamento suspeito, o que pode resultar em detenção por autoridades de segurança. Importunar, assediar ou tirar fotos sem permissão de mulheres, principalmente as muçulmanas, são, também, atitudes desaprovadas.

Drogas lícitas

O consumo de álcool é permitido somente para não-muçulmanos em restaurantes e bares de hotéis internacionais e espaços privados, bem como nas residências particulares (para residentes detentores de licença para aquisição de álcool). Deve-se observar a idade mínima para consumir álcool legalmente (18 ou 21 anos, dependendo do emirado). Em Sharjah, bebidas alcoólicas não são disponíveis. Uma licença especial deve ser obtida pelos residentes nos Emirados antes de comprar bebidas alcoólicas nas lojas licenciadas. Essa licença somente assegura a permissão de comprar bebidas alcoólicas, não dando qualquer imunidade com relação a crimes relacionados ao álcool. É proibido fumar fora das áreas designadas para tal.

Quero viajar